Mesma regra de reajuste do TCE deve ser aplicada aos demais funcionários do Estado, diz Serafim

Mesma regra de reajuste do TCE deve ser aplicada aos demais funcionários do Estado, diz Serafim

A emenda foi apresentada nesta terça-feira (19) – foto: Marcelo Araújo

O deputado Serafim Corrêa (PSB) apresentou nesta terça-feira, 19 de setembro, uma emenda aditiva ao projeto de lei de nº 156/2017 que  concede o aumento de 9,82 %  aos servidores do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

A emenda propõe o mesmo reajuste salarial  a todos os servidores públicos ativos, efetivos, estáveis, suplementares, inativos e pensionistas dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

“O reajuste proposto pelo TCE é inoportuno. Há três anos que o órgão auxiliar concede reajustes retroativos relativos ao ano anterior. Agora ele faz a mesma proposta. Se é para conceder 9,82% de reajuste para os funcionários do TCE, vamos ter que dar o mesmo aumento para todos os funcionários públicos do Estado”, defendeu o líder do PSB na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

O parlamentar também pediu que o órgão auxiliar recue no pedido de reajuste salarial.

“O TCE tem que entender que é uma árvore e o Estado é uma floresta. Essa árvore não pode continuar sendo privilegiada em detrimento dos demais. Isso, inclusive, gera uma situação muito constrangedora para o futuro governador que assume agora no início de outubro. Ele vai assumir com uma pressão de todo funcionalismo querendo o mesmo reajuste do TCE. Faço um apelo para que o TCE reflita e entenda que deve recuar. Se não recuar, deveremos dar aumento para todos e caberá ao novo governador arrumar a casa nessas condições”, finalizou.

Confira o conteúdo da emenda apresentada abaixo:

Texto: Luana Dávila