Vereadores de Manaus recebem Cartilha do Fundeb

Vereadores de Manaus recebem Cartilha do Fundeb

“Temos que monitorar as verbas que vêm para a Educação”, disse a professora.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) já começou a expandir a divulgação da Cartilha do Fundeb. Na manhã desta quinta-feira, 1º de março, uma equipe do deputado foi à Câmara Municipal de Manaus (CMM), onde  visitou  os gabinetes dos vereadores Marcelo Serafim, Carlos Porta, Rosinaldo Bual,  além dos outros 38 gabinetes da casa.

Durante a visita, a professora aposentada Judite Pinho disse que defende a transparência.

“É importante que todos os professores acompanhem e tenham como monitorar as verbas que vêm para Educação, principalmente a parte que deve ser passada, obrigatoriamente, a eles. Nada melhor do que estejam por dentro de tudo: fiscalizem,  acompanhem esse dinheiro. Quando professora, vi que na parte física sempre faltou estrutura, e não é de agora . O pior é que ainda falta estrutura”, elogiou a professora.

O vereador Rosivaldo Cordovil (Podemos) também conversou com a nossa equipe e disse que o trabalho de divulgação das informações do Fundeb é necessário para orientar o cidadão.

“Toda informação é bem-vinda. Hoje, existem canais de busca pela internet, como o da Transparência, redes sociais. Então, o cidadão não tem acesso porque não sabe como buscar essa  informação. Um material como esse, que pode explicar didaticamente como fazer isso, é importante para sociedade saber onde está investido cada centavo que é destinado para cada setor”, disse o vereador.

Serafim iniciará, em breve, um ciclo de palestras nas universidades da capital e interior para levar a Cartilha do Fundeb. Ele também visitará outros órgãos públicos como Tribunal de Contas (TCE), Ministério Público do Estado (MPE), entre outros.

“É importante que  os dados do Fundeb cheguem ao professor, ao cidadão comum, mas é também necessário que esses dados também cheguem aos órgãos fiscalizadores. Os professores ativos têm direito de, no mínimo, 60 % do Fundo, e precisam lutar pelos seus direitos”, defendeu o deputado.

Texto: Luana Dávila

Foto: Marcelo Araújo