Valor por habitante: Presidente Figueiredo recebeu o triplo que Manaus

Valor por habitante: Presidente Figueiredo recebeu o triplo que Manaus

Um levantamento feito pelo deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) mostrou o valor disponível, por habitante, nos dez municípios que receberam, em 2018, os maiores repasses dos governos federal e estadual. Pelo estudo, Presidente Figueiredo, teve R$ 4,6 mil disponível por habitante, enquanto Manaus, R$ 1,4 mil.

Para chegar ao valor por habitante, o parlamentar somou o total das transferências do governo do estado e União recebido no ano passado e dividiu pela população estimada, de acordo com dados do IBGE. O resultado é o valor disponível por habitante.

“Em números absolutos, Manaus é o que recebeu em 2018 o maior valor em repasses – R$ 3 bilhões – mas senhores, Presidente Figueiredo recebeu R$ 162,7 milhões e só tem 35.352 habitantes, ficando com R$ 4.603,98 para investir em cada morador. Manaus tem R$ 1.426,41 para cada um dos 2.145.444 habitantes”, analisou Serafim.

Dos dez municípios que mais receberam transferências dos governos federal e estadual, Manaus é superada em valor por habitante por sete municípios, são eles: Presidente Figueiredo, Coari, Tefé, Iranduba, Maués, Itacoatiara e Tabatinga. A capital amazonense supera apenas os municípios de Manacapuru e Parintins (ver tabela).

“Aquela versão de que as prefeituras do interior não tem dinheiro não procede. Eles têm muito mais recursos do que Manaus, cidade onde explodem todas as dificuldades”, concluiu o líder do PSB no parlamento estadual.

Municípios receberam meio bilhão em repasses

 Em 2018, os 62 municípios amazonenses receberam mais de meio bilhão em transferências da União e governo estadual. Saindo de R$ 6,1 bilhões em 2017 para R$ 6,6 bilhões em 2018.

Veja abaixo o estudo divulgado pelo deputado estadual Serafim Corrêa:

Texto: Janaína Andrade

Fotos: Marcelo Araújo