Serafim repudia criação de Frente Parlamentar contra ZFM na Câmara dos Deputados

O deputado Serafim Corrêa (PSB) disse nesta quarta-feira, 25, que o governo federal está perdendo a vergonha. A declaração é um repúdio ao lançamento da Frente Parlamentar Mista Bebidas Brasil contra a Zona Franca de Manaus (ZFM) na Câmara dos Deputados, patrocinada pela Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil (Afrebras).

“Hoje, na Câmara dos Deputados, foi lançada uma Frente Parlamentar para destruir a Zona Franca de Manaus (ZFM). A Zona Franca tem garantia constitucional até 2073. Eles nos atacam de todas as formas. Primeiro, a Zona Franca vai lá e vence no judiciário e, no momento seguinte, eles (governo federal) inventam outra coisa. Lá vem mais confusão”, lamentou Serafim.

O líder do PSB na Casa destacou que a Zona Franca de Manaus é o único modelo de incentivos fiscais que o Estado tem e que deu certo.

“Não apenas eu, mas todos nós (deputados) temos que nos unir na defesa do único modelo que preserva a Amazônia e único modelo que temos para gerar emprego. Assusta a Suframa divulgar uma nota dizendo que, depois de perdermos 50 mil empregos, no semestre passado, conseguimos recuperar 500 deles. 500 empregos em relação a 50 mil, corresponde a 1 %. Ou seja, de cada 100 empregos que nós perdemos, nós recuperamos um e isso é muito pouco”, explicou o deputado.

O parlamentar lembrou que a Zona Franca é atrativa para os investidores pela redução da carga tributária.

“Claro que as empresas que vêm para Manaus, vêm para pagar menos tributos. Ou será que alguém acha que alguém vem para Manaus, vieram para pagar mais tributos? Isso não existe no mundo capitalista. Você procura ir onde você tem melhores condições. Essas melhores condições são colocadas em uma balança. Um dos pontos dessa balança é exatamente o nível da carga tributária”, disse.

Serafim ainda disse estar indignado com a formação da Frente Parlamentar, que  tem como presidente o deputado federal Guiga Peixoto (PSL-SP), do mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro.

“É evidente que Peixoto não está fazendo isso da cabeça dele, tem alguém fazendo isso. Quero deixar o meu repúdio e a minha indignação, afirmou o parlamentar.

288ª Reunião do CAS

A 288ª Reunião do Conselho Administrativo da Suframa (CAS), ocorre nesta quinta-feira, 26, e será presidida pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), Carlos da Costa, conforme decretou o presidente Jair Bolsonaro (PSL) na última sexta-feira, 20.

“Fiquei assustado, porque o governo federal está perdendo a vergonha. Primeiro tiram o ministro para ele não vir mais aqui (Reunião do CAS) para não sofrer pressão. Ai o secretário-executivo, Carlos da Costa, substitui o ministro, que já é o quarto escalão, o sub, do sub, do sub, aí ele vai presidir, a partir de agora os trabalhos”, concluiu.

Texto: Luana Dávila

Foto: Marcelo Araújo