Secretário de Saúde promete solução aos renais crônicos

Após o deputado Serafim Corrêa (PSB) ter solicitado ao governo do Amazonas que reveja os pagamentos atrasados das clínicas que dão assistência aos pacientes renais crônicos, o secretário de Estado de Saúde interino, Marcellus Campêlo, afirmou que pagaria nesta quinta-feira,16, um dos três meses em atraso.

“Ontem, 15,  abordei a questão das clínicas de nefrologia que estão há três meses sem receber, e isso traz dissabores de todas as ordens, mas, principalmente, para os pacientes que têm necessidade de fazer hemodiálise. Fiz a manifestação. São demandas que tenho recebido de pacientes, mas também de médicos que se veem acuados e desesperados diante da situação”, disse o líder do PSB na ALE-AM.

Segundo Serafim, em ligação recebida na tarde de ontem, 15,  o secretário interino da pasta reconheceu a gravidade da situação em que se encontram os pacientes renais crônicos no Amazonas e disse que estava tentando resolver o problema.

“Considero muito importante esse gesto dele, porque mostra quando há uma mudança de postura. Até então sempre tentei falar com os secretários de Saúde sobre questões desse tipo e nunca consegui. Ele me ligou, disse que reconhecia as dificuldades e que estava tentando resolver. Marcellus prometeu que hoje pagaria, ao menos, a competência de um mês às clínicas de nefrologia”, disse.

Ainda de acordo com o deputado, Campêlo afirmou que abriria o diálogo com as clínicas de nefrologia para que a situação seja superada e disse estar à disposição para reclamações que cheguem ao  conhecimento do legislativo

“Isso demonstra, no mínimo, boa vontade para encaminhar soluções para os problemas que ele próprio reconhece que são graves. Todos nós sabemos da gravidade desse e de outros assuntos da área da Saúde. Espero que daqui para frente essas questões sejam solucionadas, porque quem depende de hemodiálise não pode esperar”, concluiu.

Texto: Luana Dávila / Foto: Anderson Tahan