Ministros Og Fernandes e Mauro Campbell serão empossados no TSE nesta quinta

Ministros Og Fernandes e Mauro Campbell serão empossados no TSE nesta quinta

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes e Mauro Campbell Marques serão empossados como membros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em cerimônia a ser realizada nesta quinta-feira (30), às 9h.

Og Fernandes foi eleito ministro efetivo do TSE para o biênio 2018-2020, e Mauro Campbell Marques foi escolhido para substituto no mesmo período.

Eles se juntam aos ministros Jorge Mussi e Luis Felipe Salomão, respectivamente titular e substituto do outro assento reservado a ministro do STJ na composição do TSE.

Sobre os ministros

Geraldo Og Nicéas Marques Fernandes, natural de Recife, é formado em direito e jornalismo. Ingressou no STJ em junho de 2008 e atualmente participa da Corte Especial, da Primeira Seção e da Segunda Turma do tribunal.

Antes do STJ, exerceu funções como repórter, professor, advogado, juiz e desembargador, além de publicar diversas obras no meio jurídico.

Mauro Luiz Campbell Marques, natural de Manaus, é formado em direito pelo Centro Universitário Metodista Bennett (Unibennett). Ingressou no STJ em junho de 2008 e atualmente é membro da Corte Especial, da Primeira Seção e da Segunda Turma do tribunal.

Entre outras funções, atuou como professor, advogado, secretário de Estado de Justiça, de Segurança Pública, de Controle Interno, Ética e Transparência. Antes de assumir no STJ, atuou como procurador-geral de Justiça do Amazonas.

Composição

O TSE é formado por sete ministros. Três são do Supremo Tribunal Federal, um dos quais é o presidente da corte. Outros dois ministros são do STJ, um dos quais é o corregedor-geral da Justiça Eleitoral. Completam o tribunal dois juristas oriundos da classe dos advogados, nomeados pelo presidente da República.

O TSE, onde será realizada a cerimônia de posse, está localizado no Setor de Administração Federal Sul, Quadra 7, Lotes 1 e 2, em Brasília.

Fonte: Superior Tribunal de Justiça