Inspeção Veicular Ambiental é necessária, mas preço precisa ser reduzido, diz Serafim

Inspeção Veicular Ambiental é necessária, mas preço precisa ser reduzido, diz Serafim

Há apenas duas empresas credenciadas na capital para realizar o serviço – foto: Marcelo Araújo

Único deputado que votou contra o projeto, Serafim explica o que está errado e diz como resolver.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) falou nesta quinta-feira, 21, sobre a obrigatoriedade da Inspeção Veicular Ambiental no ato da renovação do licenciamento anual, que já começou a valer no Estado deste ontem (20), segundo informou o Departamento Estadual de Trânsito no Amazonas (Detran-AM).

A inspeção é exigida pelo Ministério Público Federal (MPF) e a ação também está prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“É impossível discutir a obrigatoriedade da inspeção ambiental, tendo em vista que  a ação está prevista na Lei Federal. O nível de poluição nos veículos precisam ser inspecionados.Temos veículos em Manaus que soltam aquela fumaça negra, e, consequentemente, entram pelas nossas vias respiratórias. Isso é muito ruim”, explicou o deputado.

Segundo o parlamentar, há apenas duas empresas credenciadas  na capital para realizar o serviço, o que é desproporcional ao grande número de veículos em Manaus, que somam 823.056 mil, e no interior , 183.006, totalizando 1.006.062 no Estado, conforme dados do Detran-AM. A taxa custa R$133,30.

“Entendo que o número de empresas credenciadas precisa ser ampliado e o preço, que é R$ 133,30, precisa ser reduzido. Minha proposta é que  todas as concessionárias em Manaus sejam credenciadas automaticamente, com isso, teremos uma diminuição de preço automática e isso vai descentralizar  o atendimento. Só reduz preço com competição”,  finalizou.

Texto: Luana Dávila