Casagrande assina decreto que institui obrigatoriedade de energia solar no ES e destaca interesse em ônibus elétricos

Fonte: Folha Vitória

A assinatura do decreto aconteceu durante a abertura do XI Fórum Capixaba de Energia (Fenergia), na manhã desta segunda-feira (14), em Vitória

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, assinou na manhã desta segunda-feira (14), um decreto que institui a obrigatoriedade da instalação de energia solar em novas edificações estaduais. O governo estuda também a possibilidade de implementar veículos elétrico e a gás no sistema Transcol.

A assinatura, que segundo ele, cumpre a agenda de inovação e sustentabilidade, aconteceu na abertura do XI Fórum Capixaba de Energia (Fenergia), em Vitória.

Casagrande destacou a importância de debates sobre o clima global e afirmou que o estado caminha em direção à modernidade ecológica. Para ele, o decreto coloca o Espírito Santo em posição de vantagem entre outros estados do Brasil.

“O mundo atual exige uma visão diferente de desenvolvimento, com energia limpa. É esse mundo novo que temos que criar, e isso passa por debater energia. É uma decisão política, mas também econômica”, destacou.

De acordo com Casagrande, a implementação de energia fotovoltaica em empreendimentos públicos ou em obras que têm convênio com o Estado, é um passo importante para frear a ação danosa do homem no planeta, além de aumentar a eficiência econômica dos equipamentos públicos.

O governador alertou ainda para a importância de se investir em energia limpa e criticou o Governo Federal. As ações do Estado sobre o meio ambiente e sustentabilidade, segundo ele,  precisam ser pautadas por critérios técnicos e científicos. “Fico triste quando escuto que algum governante não acredita no aquecimento global e na ação destruidora do homem”, disse Casagrande, sem negar que se referia ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

Energia limpa no sistema Transcol 

Foto: Divulgação

Após a assinatura do decreto, e já de saída para Brasília onde se reúne — entre outras agendas, com o Ministro Gilmar Mendes, Renato Casagrande conversou com o Folha Vitória. De acordo com o governador, o estado se prepara implementar ônibus à gás e elétricos ao sistema Transcol.

“Estamos encomendando um estudo do Banco Latinoamericano e assim que tivermos viabilidade econômica vamos começar a fazer a migração do ônibus a diesel para a gás e elétrico”, explicou.

Por se tratar de uma tecnologia mais viável, a expectativa é que o custo operacional seja menor. Entretanto, não há previsão do efeito prático desses novos transportes na economia do capixaba. Segundo Casagrande, ainda não é possível afirmar que esse novo modal tornaria mais barato o valor da tarifa nos ônibus do sistema Transcol. “Não está no horizonte (descontos na tarifa do ônibus) porque não temos estudos prontos ainda. Estamos contratando os estudos do Banco Latinoamericano”, concluiu.