Transferências para municípios do AM superam R$ 3,7 bilhões no primeiro semestre do ano

As transferências dos recursos dos governos federal e estadual aos 62 municípios do Amazonas superaram R$ 3,7 bilhões nos primeiros seis meses do ano. A informação foi divulgada pelo deputado Serafim Corrêa (PSB) na manhã desta quinta-feira, 23 de julho, em sessão híbrida da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM).

Os recursos estaduais, de janeiro a junho de 2020, foram de R$ 1,3 bilhão e os recursos federais foram R$ 2,2 bilhões. Ao todo, os 62 municípios do Amazonas  receberam R$ 3,7 bilhões. Em 2019, no mesmo período, os municípios arrecadaram R$ 3,4 bilhões, ou seja, houve aumento de R$ 233 milhões, o que representa um crescimento de 6,73%.

“Isso é para dizer que os municípios do interior não estão tão à deriva assim. Não estão de pires na mão como nossos prefeitos tentam fazer crer. Já disponibilizei esses dados no meu aplicativo Deputado Serafim”, disse.

O município que mais recebeu em termos absolutos foi Manaus com R$ 1,7 bilhão. Em segundo lugar está Coari com R$ 107 milhões e em terceiro lugar Presidente Figueiredo com R$ 88 milhões.

“Quando vamos para a divisão per capita [valor arrecadado dividido pelo número de habitantes] , o município que tem mais dinheiro é Presidente Figueiredo, porque recebeu R$ 88 milhões e só tem 36 mil habitantes. Isso dá R$ 2.436 por habitante. Em segundo lugar está Coari com renda per capita de R$ 1.333 e em terceiro lugar está Tefé com R$ 1.105”, concluiu Serafim.

Texto: Luana Dávila

Artes e foto: Anderson Tahan