Serafim defende respeito à liberdade de expressão

Serafim defende respeito à liberdade de expressão

O deputado destacou o importante papel da imprensa para a sociedade  – foto: Marcelo Araújo

O deputado Serafim Corrêa (PSB) manifestou-se contra as agressões à liberdade de imprensa que foi atacada duas vezes esta semana. Da tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quarta-feira (7), o parlamentar reiterou que a imprensa, que tem importante papel social na divulgação de informações e serviços públicos, deve ser respeitada e não censurada.

“A imprensa sofreu ontem dois atentados. Um atentado por parte do colégio de procuradores do Ministério Público do Estado. Todos sabem que o MP-AM fez uma compra de R$ 31.2 milhões de um prédio de três andares e há alguns anos ele comprou um terreno por R$ 5.8 milhões, gastou no projeto R$ 1.5 milhão. Agora diz que esse projeto não era bom e que o terreno não atendia ao que eles queriam, por isso, a justificativa da nova compra. O jornal eletrônico Amazonas Atual  fez a divulgação do fato sem acusar ninguém. Na segunda-feira, apresentei um requerimento pedindo a presença do atual procurador e do seu antecessor para darem explicações sobre o caso, porque é o mínimo que a sociedade amazonense merece. O colégio reagiu com uma nota repudiando a divulgação da informação e afirmando que o procurador foi agredido, fazendo ameaça contra a liberdade de expressão”, explicou Serafim.

Outro caso de constrangimento à jornalistas  foi o que ocorreu ontem (6), envolvendo o atual governador Amazonino Mendes (PDT). Ele foi questionado sobre a questão das filas na saúde e foi extremamente mal educado com a repórter, durante uma coletiva de imprensa.

“Ele tentou diminuir a jornalista, insinuando que a pergunta era ofensiva e que foi formulada não pela mesma, mas pela empresa em que ela trabalha que, segundo Amazonino, quer atacá-lo”, disse Serafim lembrando outros episódios de censura nos anos 90, também envolvendo o atual governador.