Serafim Corrêa é reeleito membro da Executiva Nacional do PSB

Serafim Corrêa é reeleito membro da Executiva Nacional do PSB

O Diretório Nacional conta com quatro membros do PSB – AM – foto: divulgação

O deputado Serafim Corrêa foi reeleito membro da Executiva  Nacional do Partido Socialista Brasileiro para compor o triênio 2018-2021. A votação ocorreu na tarde deste sábado, 3, durante o Congresso Nacional, em Brasília (DF).

A chapa permanece única e não teve “rachas”.  Carlos Siqueira e Paulo Câmara permanecem, respectivamente,  presidente e vice do PSB.

Também houve votação  no Diretório Nacional, que conta com quatro membros do PSB Amazonas. O presidente estadual do partido, o vereador Marcelo Serafim, Alexandre Barbosa e Sérgio Emiliano, juntamente com o deputado Serafim Corrêa farão parte do diretório também nos próximos três anos.

Ontem, no segundo dia do congresso, Serafim apresentou a Cartilha do Fundeb no Seminário Políticas Públicas – As Novas Tecnologias e Mecanismos de Democracia Participativa – e disse que a transferência e o uso adequado das novas tecnologias faz toda a diferença nas contas públicas e num boa gestão.

“A ideia de pesquisar sobre o Fundeb  surgiu em julho do ano passado, quando foram detectadas quantias significativas, denominadas “AJ.FUNDEB 2016”,  nas contas dos municípios amazonenses, durante o levantamento dos recursos do governo federal que entraram daquele mês no site da transparência. Então, desenvolvi a Cartilha do Fundeb para explicar ao cidadão, principalmente aos professores, como encontrar esses dados, mostrando os valores do Fundo que entraram em 2017, que chegaram a quase R$ 4 bilhões. Os professores ativos têm direito de, no mínimo, 60 % do Fundo. O grande problema é a resistência à mudança. A maioria dos municípios amazonenses não apresenta relatório e isso pode resultar em improbidade, disse o parlamentar.

A Cartilha do Fundeb está disponível na versão digital através do aplicativo “Deputado Serafim”, disponível para iPhones e smartphones”

Quem é Carlos Siqueira?

Carlos Siqueira preside o PBS e o Conselho Curador da Fundação João Mangabeira (FJM). Entre 2007 e 2014, foi presidente da FJM. Advogado, militou na defesa dos direitos humanos por intermédio do Gajop (Gabinete de Assessoria Jurídica às organizações Populares) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Pernambuco (Com informações da Ascom do PSB nacional)

Texto: Luana Dávila