Receita Federal: Sai Lina, entra Cartaxo, provisoriamente

linacartaxo
Conforme já havia sido anunciado, a Secretária Lina Vieira deixou o comando da Receita Federal. Provisoriamente assume Otacílio Cartaxo, que era o segundo na administração de Lina.

Lina saiu pelos seus méritos. Mexeu com os grandes, tratou a empresa pública da mesma forma que se trata a empresa privada, conforme manda a Constituição, não admitiu interferências políticas e pagou o preço.

A Receita Federal é uma instituição de Estado e não de Governo e como tal deve ser vista. Erra o Presidente Lula quando tenta politizar a Receita. Pretendia fazer isso agora, mas diante da reação da própria corporação, recuou.

Ainda bem.

Cartaxo é um técnico competente e habilidoso. Pelo visto terá a missão de evitar uma briga interna na instituição, manter os avanços e, ao mesmo tempo, impedir que transformem a Receita em instituição de governo.

One comment

  1. Serafim,

    Sou Auditor Fiscal da Receita Federal, tenho a seguinte leitura: Para podermos preservar a Receita Federal de ingerência política só fortalecendo a classe dos Auditores Fiscais, para isso temos uma bandeira e um projeto de Lei Orgânica que está na gaveta da Secretária, precisamos fortalecer a carreira de estado, assim teremos garantia e prerrogativas que fortalecerão a sociedade. Só assim evitaremos futuras intervenções políticas nesse órgão.

    CONTAMOS COM SEU APOIO.

    Gean

Comments are closed.