Bancos perdem pelo menos uma

Bancos perdem pelo menos uma

Essa redução favorece os correntistas e os números indicma que o cheque caminha para o desuso. As novas estrelas: TED e cartões de débito/crédito

Serafim Corrêa

 

Fonte: Poder 360

A circular nº 3.859 (íntegra) publicada nesta 2ª feira (27.nov.2017) pelo Banco Central estabelece prazo de 1 dia útil para a compensação de cheques de todos os valores. O período atual é de 2 dias para cheques abaixo de R$ 300. Bancos e a Compe (Centralizadora da Compensação de Cheques) terão 180 dias para se adequarem.

“Com a redução da quantidade de cheques e o aumento da capacidade tecnológica para o seu processamento, a existência de mais do que uma sessão deixou de se justificar”, disse o BC, em nota.

A decisão da diretoria colegiada da autoridade monetária foi tomada após reunião em 22 de novembro.

“A unificação da compensação, atualmente segregada por faixas de valores, permitirá ganho de eficiência e redução de custos, operacionais e financeiros, para todo o sistema, em linha com a agenda BC+.”

De acordo com o BC, entre março de 2005 e outubro de 2017 o número de cheques processados mensalmente pela Compe passou de 170 milhões para 42 milhões.