Venda de TVs deve crescer 22% com Copa, afirma consultoria

Venda de TVs deve crescer 22% com Copa, afirma consultoria

Maria Cristina Frias (Folha.uol.com.br)
Aparelhos de TV em loja de departamento – Rubens Cavallari – 19.ago.2011/Folhapress

A Copa do Mundo da Rússia, que começa em 88 dias, deverá contribuir para um aumento de 22% do volume de televisores vendidos no Brasil neste ano, segundo a consultoria GfK, que audita o segmento.

Foram comercializadas 10,4 milhões de unidades em 2017, um incremento de 21% em relação a 2016.

“O crescimento já foi de 23% em janeiro [de 2018]. Somente a Copa deverá ser responsável por uma alta de 8% no ano”, diz Gisela Pougy, diretora da consultoria.

As fabricantes do setor se beneficiam não só por aumentar o volume vendido como também por uma rentabilidade maior, porque a demanda por itens mais caros sobe nos anos do evento esportivo, afirma.

Grande parte das vendas costuma ficar concentrada no segundo semestre, mas quando há Copa do Mundo, o cenário muda, segundo Erico Traldi, diretor da Samsung.

“Há uma inversão. O fim do ano continua com muitos eventos importantes, como a Black Friday, mas o que costuma acontecer é uma antecipação das compras [pelos consumidores].”

Alguns fatores poderão equilibrar o mercado e evitar uma queda no segundo semestre, afirma Kleber Carante, da Semp TCL, que prevê uma alta de 35% neste ano.

“Temos uma situação específica em 2018 que é o desligamento do sinal analógico em várias cidades, algo que começou no ano passado. Essa transição sempre impulsiona o mercado.”