Supremo decide sobre Lei de Imprensa e diploma de jornalismo

Na pauta de amanhã (1 de abril) do Supremo Tribunal Federal, em sessão que será transmitida pela TV Justiça, serão decididos dois assuntos ligados diretamente com a imprensa.

O primeiro se a Lei de Imprensa está valendo, ou não. Dos 77 artigos, 22 já estão suspensos por liminar. A tendência do tribunal é derrubar totalmente a lei. O relator é o Ministro Ayres Brito.

O segundo discute a exigência, ou não, do diploma de jornalista. A ação é movida pelo Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão de São Paulo e pelo Ministério Público Federal que são contra a exigência. O relator é o Ministro Gilmar Mendes.

2 comments

  1. Sobre o assunto vale a frase lapidar do ex- ministro Marcio Thomas Bastos:
    ” A imprensa não nasceu para ser justa , mas sim livre…”

  2. É vergonhoso, à altura deste século, com todas as conquistas que o homem já teve, o profissional jornalista ter que “mendigar” em todas as instâncias que respeitam a sua profissao e todo o esforço para ter o seu diploma de jornalista, após toda uma trajetória entre vestibular e graduaçao. É o cúmulo!!!!!

Comments are closed.