Respeito aos outros

Vejam estas duas notas publicadas hoje no PAINEL da Folha de São Paulo:

Por fora. O retorno de Ciro Gomes é visto com ceticismo no Planalto. Ali, o deputado do PSB só voltará a entrar nos cálculos se Lula optar pela estratégia de ter duas candidaturas da base em 2010. Hoje, esse pensamento não existe.

Pacote. O PT acredita ter Eduardo Campos, governador de Pernambuco e presidente do PSB, bem amarrado ao barco de Dilma Rousseff. Se ele se comportar, o petista João Paulo disputará o Senado, facilitando a reeleição de Campos. Se este lançar Ciro ao Planalto ou flertar com os tucanos, terá de enfrentar o popular ex-prefeito de Recife.

Na vida, como na política, o respeito aos outros, às suas idéias e aos seus espaços, é fundamental para a boa convivência. Quando alguém ameaça outro de forma clara ou subliminar para alcançar algo, provoca efeito inverso.

Em 2006, Eduardo Campos enfrentou Humberto Costa, candidato do PT, passou para o segundo turno e venceu Mendonça Neto (DEM). Não terá nenhuma razão para temer essa ameaça.

Depois, o PT precisa acabar com essa mania de querer mandar nos outros. Não manda. A decisão de qualquer partido de lançar, ou não, candidato a Presidente da República é exclusiva do próprio partido. E em 2010 será assim, como, aliás, sempre foi.

6 comments

  1. Caro Sarafa, concordo plenamente, uma vez que aquele PT companheiro de primeira ordem não mas existe. Foi dividido em acordos camuflados e cheios de covardia.
    Torço para que Ciro venha com a força total, se depender de minha luta estarei militando.
    Quanto a Eduardo Campos, ele tbm é uma verdadeira máquina de voto e muito bem quisto por todos os pernambucanos. “DOBRADINHA”
    Abraço!

  2. O PSB sempre foi muito forte e um partido de muita guarra, tenho muita certeza de que seja qual for a decisão do PSB, com Ciro Gomes, Eduardo Campos, certamente o PSB tera o seu espaço reservado, a história só é escrita por quem tem coragem de pegar o lapis e seguir em frente.
    “Tenho duas mãos e o sentimento do mundo”, é um partido glorioso que saberá honrar as cores e as bandeiras de luta do grande guerreiro Miguel Arraes.
    Socialismo e Liberdade!
    De norte a sul e no Brasil inteiro, e viva o Partido Socialista Brasileiro!!!

  3. Como Pernambucana sei da popularidade do ex-prefeito João Paulo, mas sei também da força e representatividade do atual Governador Eduardo Campos.
    Confio e acredito na força do PSB. Temos candidatos bastante fortes para as próximas eleições. Não vamos baixar a cabeça. O PT que se cuide!

  4. Infelizmente, o PT não é mais aquele PT de antes, hoje o PT se modernizou e é puro capital. O Lula hoje é mais PMDB do que PT é só ver quem manda nas comissões da camara e do senado. É só PMDB.
    Realmente, o PT do povo, para o povo faz tempo que não existe mais.

  5. O PT fez a sua escolha que foi o PMDB e neste momento, cuidou de excluir os históricos partidos aliados e os colocou em quinto plano. Cabe a nós mostrarmos para o Brasil que temos uma opção diferente das que estão postas até o momento, Serra X Dilma, pois esta polarização não vai ajudar no engrandecimento do debate político presidencial. A Dilma tem máquina, o Serra, tem um bom nome e uma potente máquina, o Ciro correrá por fora com uma excelente aceitação no nordeste e com a boa fama de uma dos mais qualificados quadros políticos deste país. Em momento de crise nada melhor do que ter um Ciro Gomes como opção. Quanto a ameaça nas entrelinhas da nota creio que um Governador do porte de Eduardo Campos, com a aceitação popular que ele tem, não vai se preocupar com um candidato do PT, seja ele quem.

  6. respeito aos outros na minha opininhão é vc pidir obrigado porfavor conlicensa e ter amor oa proximo entre outros!!!!!!
    vlw

Comments are closed.