Danuza na Folha: “Quem tem medo da doutora Dilma?”

Danusa Leão, em evento no Parque do Mindu, em 2008

Danuza Leão, em evento no Parque do Mindu, em 2008

Reproduzo abaixo, excepcionalmente, o artigo da Danuza Leão publicado hoje na FOLHA DE SÃO PAULO:

Quem tem medo da doutora Dilma?

Ela personifica, para mim, aquele pai autoritário de quem os filhos morrem de medo, aquela diretora

VOU CONFESSAR: morro de medo de Dilma Rousseff. Não tenho muitos medos na vida, além dos clássicos: de barata, rato, cobra. Desses bichos tenho mais medo do que de um leão, um tigre ou um urso, mas de gente não costumo ter medo. Tomara que nunca me aconteça, mas se um dia for assaltada, acho que vai dar para levar um lero com os assaltantes (espero); não me apavora andar de noite sozinha na rua, não tenho medo algum das chamadas “autoridades”, só um pouquinho da polícia, mas não muito.

Mas de Dilma não tenho medo; tenho pavor. Antes de ser candidata, nunca se viu a ministra dar um só sorriso, em nenhuma circunstância.

Depois que começou a correr o Brasil com o presidente, apesar do seu grave problema de saúde, Dilma não para de rir, como se a vida tivesse se tornado um paraíso. Mas essa simpatia tardia não convenceu. Ela é dura mesmo.

Dilma personifica, para mim, aquele pai autoritário de quem os filhos morrem de medo, aquela diretora de escola que, quando se era chamada em seu gabinete, se ia quase fazendo pipi nas calças, de tanto medo. Não existe em Dilma um só traço de meiguice, doçura, ternura.

Ela tem filhos, deve ter gasto todo o seu estoque com eles, e não sobrou nem um pingo para o resto da humanidade. Não estou dizendo que ela seja uma pessoa má, pois não a conheço; mas quando ela levanta a sobrancelha, aponta o dedo e fala, com aquela voz de general da ditadura no quartel, é assustador.

E acho muito corajosa a ex-secretária da Receita Federal Lina Vieira, que está enfrentando a ministra afirmando que as duas tiveram o famoso encontro. Uma diz que sim, a outra diz que não, e não vamos esperar que os atuais funcionários do Palácio do Planalto contrariem o que seus superiores disserem que eles devem dizer. Sempre poderá surgir do nada um motorista ou um caseiro, mas não queria estar na pele da suave Lina Vieira. A voz, o olhar e o dedo de Dilma, e a segurança com que ela vocifera suas verdades, são quase tão apavorantes quanto a voz e o olhar de Collor, quando ele é possuído.

Quando se está dizendo a verdade, ministra, não é preciso gritar; nem gritar nem apontar o dedo para ninguém. Isso só faz quem não está com a razão, é elementar.
Lembro de quando Regina Duarte foi para a televisão dizer que tinha medo de Lula; Regina foi criticada, sofreu com o PT encarnando em cima dela -e quando o PT resolve encarnar, sai de baixo. Não lembro exatamente de que Regina disse que tinha medo -nem se explicitou-, mas de uma maneira geral era medo de um possível governo Lula. Demorei um pouco para entender o quanto Regina tinha razão. Hoje estamos numa situação pior, e da qual vai ser difícil sair, pois o PT ocupou toda a máquina, como as tropas de um país que invade outro. Com Dilma seria igual ou pior, mas Deus é grande.

Minha única esperança, atualmente, é a entrada de Marina Silva na disputa eleitoral, para bagunçar a candidatura dos petistas. Eles não falaram em 20 anos? Então ainda faltam 13, ninguém merece.

Seja bem-vinda, Marina. Tem muito petista arrependido para votar em você e impedir que a mestra em doutorado, Dilma Rousseff, passe para o segundo turno.

Esta entrada foi publicada em Artigos, O Nosso País, Política. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

14 respostas para Danuza na Folha: “Quem tem medo da doutora Dilma?”

  1. Renato disse:

    Pois é, que tipo de País é esse que devemos ter medo de uma ministra e ela não é nem candidata, mas praticamente imposta já como presidente. E sempre trata as coisas de forma política, fazendo tudo do interesse de governo, pisando nas estruturas de Estado em benefício do seu governo (como na burocracia que deve ser fiel às políticas de Estado e longo prazo, a exemplo da Receita Federal). Sobre isso e mais escrevi neste artigo: Dilmadas (http://www.imil.org.br/artigos/dilmadas/). No mais, parabéns pelo blog e continue com os bons posts!

  2. Ildebrando disse:

    essa figura do teu lado sarafa poe mais medo que a doutora dilma. e tu me parece um pouco falso,no momento, pois foi vc mesmo quem falou anteriormente que após ter perdido a eleicao ano passado, a dr dilma durante um evento em brasilia, consolou-lhe dizendo tal qual uma mae faria com um filho: “deus reserva um lugar melhor pra voce”. palavras suas ou vc nao lembra mais!!!
    vc tem magua do pt e com razao, mas nao deixe que o odio tome conta de vc porque o feitiço se volta nao somente contra vc, mas contra toda a massa. o pessoal que votou com raiva na ultima eleiçao, hoje sabe o quanto perdeu sem vc, apesar dos seus erros!!! sabemos q o pt aqui age pensando sempre em ser governo, ou mesmo babando o poder, mas nao caia nesta casca de banana, pois o lula acertou muito mais que errou, os numeros da nossa economia nao mentem, apesar de todos torcerem contra, este homem tantas vezes desmerecido pela midia e humilhado por ser do povo e principalmente do nordeste, sabe o q faz!!! como pode esta senhora falar algo tao leviano apesar de nao a conhecer pessoalmente como disse acima nem ter relaçao de trabalho com a dilma, isto é assumir o que este jornal sempre sob fazer; terrorismo, pois aprenderam muito bem a cartilha da ditadura. e seus colunistas sao literalmente o colo ascendente, transverso e descendente do intestino grosso, somente servem a passagem de bolo fecal!!! pode ser pouco meu voto, mas seus posts têm me decepcionado!!! está agindo como o pt local!!

  3. Ildebrando disse:

    correçao, soube no lugar de sob. grato!!

  4. Alfredo Costa Lima Jr disse:

    Lamentável, meu caro e eterno prefeito. Medo, como bem disse o Hidelbrando, tenho desta mala que está ao teu lado.É mais uma dentre dezenas de parciais que hoje habitam o esgoto em que se transformou a grande (?) imprensa.
    O interessante nisto tudo, é que antes deste governo, a Receita Federal estava sucateada, tanto de equipamentos quanto de pessoal. A quantidade de concursos para os diversos cargos pipocam quase todos os anos. Os salários foram colocados em patamares impensáveis se comparados a era tucana.Repetindo o bordão, “nunca antes na história deste país” se prendeu tanto sonegador, pilantras e fraudadores. E ainda tem idiota achando que só pensa em fazer sucessor, que só se faz política. Aliás, esperar o que de políticos? convescoste sobre moda e etiqueta?
    E o Serra que anda percorrendo o país ao invés de governar São Paulo?
    O mais honesto é as pessoas mostrarem a cara e tomarem partido ao invés de tentarem dourar a pílula.

  5. Alfredo Costa Lima Jr disse:

    Olha só a meiga, educada, honrada, confiável e suave Lina. Depois de gaguejar diante do Mercadante, começamos a conhece-la melhor:

    O Conversa afiada reproduz comentário do amigo navegante Stanley Burburinho:

    Stanley Burburinho
    Enviado em 18/08/2009 às 13:17

    Segundo a Ata de Audiência do Processo nº 00434-2005-003-21-00-7 (RT), do dia 02 de junho de 2005, da Terceira Vara Federal do Trabalho de Natal-RN , a Sra. Lina Maria Vieira (Reclamada) em 2005, tentou dar uma volta em um pobre pedreiro (Reclamante) deixando de assinar o contrato de trabalho na CPTS por quase um ano. Acontece que a Sra. Lina Maria Vieira deu uma volta no Oficial de Justiça e não compareceu à primeira audiência:

    “(…)

    Reclamada: LINA MARIA VIEIRA, pessoa física de direito privado.

    PRESENTE O RECLAMANTE e seu Representante Legal.

    AUSENTE A RECLAMADA.

    INSTALADA A AUDIÊNCIA E RELATADO O PROCESSO.

    Tendo em vista a certidão expedida pela senhora oficiala de justiça (fl. 16), o acusa que a Reclamada não veio a ser notificada, o reclamante, por intermédio de seu Ilustre Patrono, reitera que a reclamada permanece residindo no endereço mencionado, além do que, trata-se de pessoa bastante conhecida, eis que exerce a função de Secretária de Tributação do Estado do RN, de modo que, acaso não seja possível localizá-la em seu domicílio, requer seja a mesma notificada em seu local de trabalho, qual seja a Secretaria de Tributação, no Centro Administrativo do Estado do RN. Deferida a pretensão, a Secretaria desta Vara do Trabalho adote as providências de estilo, procedendo a notificação inicial da reclamada por Oficial de Justiça, observado os termos ora implementados pelo reclamante.

    Sessão de continuação para o dia 16.06.2005 às 9:50 horas. Mantidas todas as advertências anteriores quanto a necessidade de comparecimento pessoal dos litigantes acompanhados das provas orais e documentais.

    Ciente o Reclamante.
    Intime-se a Reclamada por Oficial de Justiça.
    NADA MAIS.

    (…)”

    http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=1&url=http%3A%2F%2Fftp.trt21.gov.br%2Fjud1%2F3vtnatal%2Fatas%2F02-06-2005%2F0434-05.doc&ei=876JStyJOY3klAfD15mhCw&rct=j&q=%22LINA+MARIA+VIEIRA%2C+pessoa+F%C3%ADsica+de+direito+privado%22&usg=AFQjCNHntvVutyCLNx0eXO-4spxyoUqF8A

    Na outra audiência do dia 16 de junho de 2005, a Sra. Lina Maria Vieira foi condenada pelo Juiz:

    “(…)

    A Reclamada pagará ao Reclamante a importância líquida total de R$ 2.500,00(dois mil e quinhentos), dividida em 04 PARCELAS IGUAIS E SUCESSIVAS de R$ 625,00 (seiscentos e vinte e cinco reais), na Secretaria desta Vara do Trabalho até às 12:00 horas, observadas as seguintes datas: 27.06.2005; 25.07.2005;26.08.2005; e 26.09.2005.

    A Reclamada, até a data preclusiva de 27.06.2005, devolverá à Secretaria desta Vara do Trabalho a CTPS do Reclamante com as devidas ANOTAÇÕES CONTRATUAIS, observando-se os seguintes dados: Função: pedreiro; Salário Mensal de R$ 411,40 (quatrocentos e onze reais e quarenta centavos); Data de Admissão: 02.03.2004; Data de Saída: 26.02.2005.

    (…)”

    http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=2&url=http%3A%2F%2Fftp.trt21.gov.br%2Fjud1%2F3vtnatal%2Fatas%2F16-06-2005%2F0434-05.doc&ei=876JStyJOY3klAfD15mhCw&rct=j&q=%22LINA+MARIA+VIEIRA%2C+pessoa+F%C3%ADsica+de+direito+privado%22&usg=AFQjCNH9cYBm5F5i5aCt_rnNV3pR2dQQ1Q

    Em 2006 a Sra. Lina Maria Vieira contribuiu com R$ 4.000,00 para a campanha da governadora do RN Wilma Faria para quem ela já trabalhou.

    O curioso é que no site AsClaras (http://www.asclaras.org.br/2006/doador.php?DOCodigo=104125&rs=true ), ao contrário dos demais doadores, o nome do político beneficiado pela Sra. Lina não aparece. Pelo número de votos que o candidato conseguiu (824.101), foi até o Google e digitei “Rio Grande do Norte” + 824.101 + votos” e apareceu o nome da Sra. Wilma Faria.

    Em junho passado a Sra. Lina Vieira, apesar de ser de Belo Horizonte, recebeu da governadora Wilma Faria o título de cidadã norte-rio-grandense:

    “Lina Vieira recebe título de cidadã norte-rio-grandense

    10.06.2009

    Laurivan Sousa

    A Assembleia Legislativa concedeu nesta quarta-feira, 10, o título de cidadã norte-rio-grandense à secretária-geral da Receita Federal do Brasil, Lina Maria Vieira. A solenidade, proposição da deputada Márcia Maia (PSB), foi prestigiada pelo vice-governador Iberê Ferreira de Souza, por vários deputados, secretários de Estado e funcionários da Receita Federal no Rio Grande do Norte.

    No início da sessão solene, o presidente da Assembleia, deputado Robinson Faria (PMN), leu uma mensagem da governadora Wilma de Faria para a secretária Lina Vieira. “Lina é um orgulho para todas as mulheres do Estado. É uma norteriograndense sem precisar de certidão de nascimento. Sinto muito não poder abraçá-la nesta justa homenagem”, dizia um trecho da mensagem da governadora, que não pôde comparecer. O vice-governador, Iberê Ferreira, a representou na solenidade.

    (…)”

    http://inativas.maxmeio.com/marciamaia2008/navegacao/ver_noticia.php?id_noticia=206

    A Assessora da Sra. Lina Maria Vieira, Sra. Iraneth Maria Dias Weiler que disse que confirmaria o suposto encontro da Ministra Dilma com a Sra. Lina, em 1998 fez doação para a campanha do FHC:

    “RECURSOS ARRECADADOS CAMPANHA ELEITORAL 1998

    Candidato: FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

    (…)

    Iraneth Maria Dias Weiler R$50,00

    (…)’

    http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=4&url=http%3A%2F%2Fwww1.uol.com.br%2Ffernandorodrigues%2Farquivos%2Feleicoes98%2Fdoadores%2Ffhc98.doc&ei=DyWHSvG6MMSHtgeS19znDA&rct=j&q=%22Iraneth+Maria+Dias+Weiler%22&usg=AFQjCNHAwlLR4Z8cX0EyAZbUlXnJ_YnfMQ

  6. Adriano Matos disse:

    Serafim,

    Seus posts e os artigos de outros que tem publicado me deixam uma impressão que encontraste teu lugar à direita.

    Assim sendo, nada tendo a comentar do artigo terrorista de Danuza Leão e assumindo que fui fervoroso defensor de tua administração, declaro que em ti só votaria agora para cargo executivo e jamais para qualquer cargo legislativo.

  7. Melina disse:

    Esqueceu-se da detestável Idely Salvatti!

  8. Renato disse:

    “O fato é que este mesmo Leão que ruge contra a Ministra – misturando vida pública e privada em uma colcha de retalhos de asneiras – é manso e cordato diante dos chicotes de seus domadores. Seus urros são seletivos e de rei das selvas torna-se o bobo da corte da campanha para que um tucano volte a reinar.”

    Não precisa dizer mais nada..

  9. heloiza disse:

    Eu também tenho medo de Dilma, e meu pavor se personifica no seu dedo acusador. Nem o bolsa família vai ser capaz de eleger essa mulher…

  10. joaquim disse:

    Danusa Leão foi jurada de TV e agora escreve livros de boas maneiras para aqueles que, querendo participar de festinhas de uma elite que não existe mais, imaginam poder ler seus livros e, na base da imitação, recriar uma “burguesia paulista” à mesa e, então, se imaginar dentro desse grupo social.

    Danusa Leão tem a mesma forma de pensar que Regina Duarte: medo do PT e de Lula. (Veja o artigo ). Qual o motivo? Nem ela e nem Regina dizem. Lançam apenas balões de ensaio. Quem ficar contaminado, azar. No fundo, a idéia básica nem mesmo é delas, mas é algo que caminha no ambiente social em que vivem (ou gostariam de viver) e, por conta de não terem lá muita informação histórica, acabam falando sobre sentimentos que imaginam ter, mas que seria quebrado com meia dúzia de afagos de qualquer petista bom de bico.

    Lula é o Presidente da República hoje. O medo de Regina Duarte não levou a nada. Ela tinha medo de quê? Se Dilma Roussef for sucessora de Lula, o medo de Danusa também se mostrará inadequado. A não ser que ambas temam aquilo que todos pensam que elas temem, mas que não é o que temem, não há sentido no que dizem. Do modo como falam e falaram, fica o mistério. É como se estivessem em 1964 e então, com medo da República Sindicalista que a propaganda da direita dizia que Jango iria criar, começassem a gritar o nome de Lacerda, pedindo um golpe para “afastar a perda da liberdade”. Por incrível que pareça, é esse tipo de terrorismo que Regina Duarte fez e que, agora, Danusa repõe na jogada. Algo tolo. Mas, como elas não dizem isso claramente, nem podemos saber se isso mesmo que temem.

    A idéia básica de ambas está na frase: “tá tudo dominado”. Não é letra de música. Saiu da boca de Danusa. Ora, quando FHC foi presidente, também tudo estava dominado – só que pelo PSDB. E em São Paulo, atualmente, está tudo dominado, só que pelo Serra. Não há qualquer diferença. PSDB e PT não têm conseguido se afastar dos cargos públicos, deixando-os funcionar para além dos tentáculos partidários. Regina Duarte e Danusa Leão temem o Lula porque foram criadas olhando outros políticos, como os que se destacaram na elite econômica paulista, do tipo de FHC e Serra. Não temem estes apenas por familiaridade. Elas se sentem melhor entre tais pessoas, pois não se acostumam com o fato de Lula, apesar de tantos anos fora da fábrica, ainda ser grosseiro ou, como raposa velha, se fazer passar por grosseiro quando interessa. Elas não conseguem entender como que uma mulher como Dilma foi parar na cadeia e, mesmo tendo estado lá, não continuar lá, como bandida. Ora, se esteve na cadeia, boa coisa não é. É esse tipo de raciocínio simplório que passa na cabeça de gente que, se estivesse em 1963, seria lacerdista e veria em Vargas o demônio que não soube segurar os negros, os pobres e as prostitutas nos lugares deles.

    Tudo isso, para qualquer pessoa que viveu os últimos cinqüenta anos e é escolarizada, é bem fácil de entender. A idéia de que a esquerda rouba a liberdade, e só ela o faz, é tão natural, que mesmo agora, que Lula fez dois mandatos e não deu golpe de Estado nenhum, ainda há gente pensando que ele não é um tipo de Fidel, mas que pode dar uma de Chaves, pode. Mas, o fato é que Lula também não é Chaves. Lula gosta da política mais do que da ditadura. Por uma razão simples: Lula aprendeu a fazer política e se sai bem nela. Portanto, não por virtude de princípio, mas por interesse, que não deixa de ser legítimo, Lula não aposta no autoritarismo e no fim da liberdade.

    Todavia, o problema todo não é este. O problema todo é entender que Danusa Leão e Regina Duarte falam algo que, sabemos, em um determinado nível, mesmo que elas não saibam, não deixa de resvalar na verdade. Ou seja, há uma verdade no que dizem. Pois, de fato, quando participamos do PT ou conversamos com gente do interior do partido, vemos que há ali o estalinismo enraizado. Isso não quer dizer que o PSDB seja diferente. Mas, isso, no PSDB, é mais diluído ou até mais disfarçado. No PT o fanatismo, a cegueira ideológica e a capacidade de desonrar compromissos é tão óbvia que, se deixarmos de lado a ingenuidade de Danusa Leão e Regina Duarte e, então, tomarmos objetivamente o que falam, não poderemos negar que há alguma verdade ali. Objetivamente, há verdade.

    Lula não é autoritário, no entanto, paladino da democracia e da liberdade é que não é. Sua forma de lidar com a “coisa pública” lembra os piores momentos de Serra e FHC. Todavia, o charme de Serra e FCH cai bem sobre Danusa e Regina. O PT não tem charme. Tinha, quando a filha da Marilena Chauí usou o “primeiro sutiã”, ou seja, a primeira camiseta do PT, lembram? Mas, depois que Marilena apoiou o PT na corrupção mais deslavada e, enfim, agora, depois que Mercadante fez o que fez, ficando de quatro diante da “operação Salva Sarney” desenvolvida pelo próprio Lula, o que Danusa e Regina falaram e falam, ouvido por outros que possam desconsiderar quem elas são, não deixa de fazer sentido.

    O fato é que o PT não cumpriu sua promessa de preservar a democracia no grau em que havia prometido. A frase “somos socialista e, no entanto, somos diferente dos comunistas velhos que, enfim, ficaram no PMDB e PSDB”, não era verdadeira. O estalinismo casou bem com o resto de brizolismo, de populismo barato e semi-autoritário, e deu no que deu – neste PT que aí está. O PT que aí está e o PT do “mensalão”. Pois só uma múmia culparia Zé Dirceu, sozinho, à revelia de Lula, por todo aquele escândalo.

    O episódio do “mensalão” não foi um episódio ruim só pela corrupção. Em termos de corrupção, o PT talvez só consiga é empatar com o PSDB quando em corrida de cem metros. E este, por sua vez, só é superado pelo ex-PFL, e isto quando este deixa de competir com o PTB e PDT. O problema que chocou a nação, ao menos os mais informados, é que do PT não se esperava uma recaída estalinista. Não se esperava um projeto, saído da cabeça de Zé Dirceu, com o aval de Lula, que viesse a fechar o Congresso Nacional não com armas, mas com dinheiro. Caso não tivéssemos tido 2005, para que a face do PT viesse de fato a ficar descoberta, poderíamos hoje rir de Danusa e Regina. Mas, tendo visto o que ocorreu em 2005 e, enfim, pela observação de como que o Planalto lida com a oposição – que realmente abaixa a cabeça – não dá para desconsiderar as ingenuidades das duas moças. É necessário, sim, levar a sério aquilo que falam, mesmo que, na cabeça delas, estejam apontando para algo que não seja o que pensamos.

    Regina e Danusa atiram no que vêem e acertam no que não vêem. Que isso fique na cabeça dos mais inteligentes, dos não fanáticos, dos democratas.

    São Paulo, 28 de agosto de 2009

    © Paulo Ghiraldelli Jr., filósofo

  11. MARA LUCIA disse:

    NADA MAIS CLARO…
    REGINA DUARTE TINHA MEDO DE QUE LULA ESTIVESSE FALANDO A VERDADE. SÓ ISSO.
    ELE MENTIU E HJ ELA NÃO DEVE TER MEDO NENHUM.
    MARA

  12. MARA LUCIA disse:

    NADA MAIS CLARO…
    REGINA DUARTE TINHA MEDO DE QUE LULA ESTIVESSE FALANDO A VERDADE. SÓ ISSO.
    ELE MENTIU E HJ ELA NÃO DEVE TER MEDO NENHUM.
    MARA

  13. Davis disse:

    A Danuza, esta elitista, somente não tem medo da sua cara-de-pau e de sua inapetência política.

  14. Pingback: Medo, esperança e política | Blog do Robert Lobato

Os comentários estão fechados.