Os heróis da Polícia Civil

Semanas atrás, Manaus dormia chocada com mais um crime bárbaro e misterioso, tratava-se do assassinato do publicitário Charles Reis. O crime, com requintes de crueldade, parecia de difícil solução. Charles não tinha inimigos, era cercado por pessoas que o queriam bem e ninguém podia entender o que tinha acontecido, principalmente, quando olhávamos para as evidências de que ele havia aberto a porta para os seus assassinos.

Dependíamos da inteligência da polícia civil, uma polícia dedicada e extraordinária, mas que não é dotada de instrumentos básicos para elucidar muitas vezes crimes simples. Neste momento, milhares de pessoas que lêem este artigo já foram vítimas de crimes não elucidados pela polícia civil, e eu sei muito bem o que estou dizendo, mas confiem em mim, temos lá dentro pessoas dedicadas e trabalhadoras que sofrem por esses crimes não resolvido, mas que tem preparo suficiente para resolver os crimes mais complexos, desde que tivessem condições para isso.

Esses investigadores e delegados fazem muito e contam com pouquíssimos instrumentos técnicos para auxiliar no trabalho de elucidação de crimes. O caso Charles, parecia mais um sem solução, mas foi esclarecido graças à perspicácia de policiais anônimos que não apareceram nas páginas dos jornais, mas que se dedicam com o mesmo afinco a todos os outros crimes, para colocar atrás das grades os verdadeiros criminosos.

O governo do estado não resiste a um simples debate sobre as condições de trabalho destes policiais. Muitas vezes usam seus próprios carros para correr atrás dos bandidos. Os heróis da polícia civil merecem o nosso aplauso, por arriscar suas vidas ganhando salários que não condizem com as suas atribuições e em muitos casos tendo que gastar dinheiro do próprio bolso para dar mais segurança à nossa população.

Até quinta!

Carnaval: Enquanto a prefeitura retirava barracas de pais de família na rente do sambódromo, Amazonino curtia o carnaval no Caribe.

Marcelo Serafim é deputado federal pelo PSB/Am e farmacêutico Site: www.marceloserafim.com.br , twitter.com/_marceloserafim , [email protected] e fone 92 32382835

Deixe uma resposta